Actualizações de RSS Mostrar/Esconder Comentários | Atalhos de Teclado

  • Matthieu Pinauldt 3:00 am em 19/06/2013 Permalink | Responder
    Tags: , , , , , , , , , ,   

    [Whitepaper] Por que implementar uma Rede Social Corporativa? 

    Tempo estimado de leitura: 4 minutos

    Você acha que sua empresa funciona bem e que neste momento não é preciso fazer nenhuma mudança na comunicação e na colaboração entre trabalhadores? Apesar do uso das Redes Sociais Corporativas estar cada vez mais abrangente, não vê claramente os benefícios que poderiam trazer para a sua empresa?

    Neste livro branco você vai descobrir 10 bons motivos para implementar uma Rede Social Corporativa para potencializar a colaboração, a comunicação, a produtividade e o  rendimento da sua empresa.

    Quando termine a leitura, só vai ficar em dúvida como dar o primeiro empurrão para começar a preparar a organização para ter uma Rede Social Corporativa. Não se preocupe, já tínhamos pensado nisso. Temos outro livro branco onde explicamos como convencer a direção da empresa e dar os primeiros passos.

    Baixe o manual e saiba quais são as 10 boas razões para você apostar em uma Rede Social Corporativa.

    As Redes Sociais Corporativas são atualmente uma das principais ferramentas incorporadas pelas empresas. A Deloitte prevê que próximo ao final de 2013, 90% das empresas da lista Fortune 500 terão uma Rede Social Corporativa implementada.

    Sabemos que o caminho que leva a uma empresa a tornar-se uma Empresa 2.0 significa uma mudança cultural e de procedimentos que nem sempre é fácil. Nossa missão é ajudar as organizações a dar esse passo e tirar o maior proveito do uso da Tecnologia Social aplicada aos ambientes corporativos.

    Neste documento você vai encontrar 10 bons motivos para se lançar a implementar uma Rede Social Corporativa na sua organização.

    1. Ajuda a harmonizar a cultura de empresa
    2. Melhora seus procedimentos
    3. Favorece a troca de conhecimento e habilidades
    4. Potencializa a gestão do conhecimento
    5. Motiva as equipes
    6. Favorece a inovação
    7. Aproxima os funcionários
    8. Melhora a mobilidade
    9. Conecta com as demais ferramentas utilizadas na empresa e organiza o fluxo de informação dentro de um único feed de atividades
    10. Aumenta a rentabilidade

    Baixe o whitepaper e descubra os benefícios de passar a ser uma empresa social.

    Talvez depois de lê-lo, você queira o nosso apoio para colocar em andamento o projeto. Entre em contato conosco e ajudaremos a fazer a sua Rede Social Corporativa ser um sucesso. Escreva para sales (@) zyncro.com.

    Matthieu Pinauldt (@mattpinauldt) é Diretor Regional de Marketing da Zyncro. Após várias experiências em grandes empresas e de transformar-se também em empresário, entrou na equipe de Zyncro para ajudar a desenvolver a  marca internacionalmente. É especialista em inovação e possui um Mestrado em Gestão da Inovação pela Universidade Paris Dauphine, ENS Cachan e Mines Paritech.


     
  • Matthieu Pinauldt 2:00 pm em 25/10/2012 Permalink | Responder
    Tags: , , ,   

    Caso de Uso: Colaboração entre agentes comerciais fora do escritório 

    Tempo estimado de leitura: 4 minutos

    Um laboratório farmacêutico possui uma equipe de vendas dividida por regiões e cada representante comercial trabalha em uma zona predeterminada. Os agentes passam o dia inteiro visitando clientes de um a um, de farmácia em farmácia e de médico em médico, tendo portanto raras oportunidades de se encontrar entre si. Com estas circunstâncias, não é fácil compartilhar os métodos de vendas e conseguir que a equipe seja dinâmica.

    Por este motivo, o laboratório decidiu incorporar Zyncro como ferramenta empresarial para criar um espírito de cooperação entre os distintos departamentos e incentivar a geração de ideias entre os funcionários.

    Cristina se encarrega da zona oeste da região junto com Pedro, que está especializado na venda de medicamentos genéricos. A jornada dela começa quando se conecta à Zyncro usando o seu tablet. O acesso direto no seu mural ao grupo “Equipe de Vendas” possibilita visualizar quais são os objetivos do dia determinados pelo manager da sua zona. Antes de ir à sua primeira visita (e antes de cada visita que faça durante toda sua jornada de trabalho), Cristina confere na Zyncro a documentação completa e atualizada do produto que vai vender; assim não se arrisca a dar informação incorreta ou defasada.

    De fato, a possibilidade de se comunicar com os demais membros da companhia e com toda a equipe comercial mesmo sem ir ao escritório durante vários dias é muito positiva para o seu trabalho diário:

    • Troca de informações: Cada representante de vendas tem acesso a todos os grupos de produtos do seu portfólio. Através da atividade no mural de cada grupo, os membros podem comparar suas experiências e aprender conjuntamente. A própria empresa inclusive incentiva que participem, já que as melhores contribuições e conselhos são recompensados.
    • A coordenação das equipes: Pedro e Cristina podem se comunicar no grupo dedicado a sua área, podendo organizar visitas conjuntas através do calendário. Na Rede Social Corporativa, a informação está centralizada e será acessível para os novos membros, coisa que não acontece na comunicação através de e-mails.
    • Conexão entre os colaboradores: Pedro se comunica com a equipe regional, mas também com outras equipes. Ele muitas vezes se considerava um membro independente da companhia, mas confessa que desde que foi implementada a Rede Social Corporativa na sua organização se sente parte da estratégia geral. Além do departamento comercial, as comunicações importantes de outros departamentos também aparecem no seu mural e possibilitam, por exemplo, estar a par das estratégias e campanhas da equipe de marketing, com a que agora trabalha constantemente online.
    • Troca de conhecimentos: Seja através de grupos ou de atividades e comentários no seu mural, Cristina pode compartilhar suas experiências positivas, perguntar dúvidas e pedir conselho. Consequentemente, os demais membros podem responder às suas perguntas e parabenizar as suas conquistas, trazendo à empresa um ambiente de maior união, apesar das distâncias físicas.
    • Experiência: Esta é também uma boa forma de compartilhar situações que Cristina já experimentou durante a etapa de adquisição de novos clientes e explicar para seus companheiros como implementá-las. Além disso, se necessita ajuda para solucionar um determinado problema, Cristina utiliza o buscador para pesquisar, com as palavras chaves do problema, qual o membro da organização que pode ajudá-la.

    E a sua empresa, já é 2.0? Descubra o potencial da colaboração, experimente Zyncro gratuitamente

     
  • Matthieu Pinauldt 2:00 pm em 16/10/2012 Permalink | Responder
    Tags: , , ,   

    6 conselhos para melhorar a gestão de projetos através de uma Rede Social Corporativa 

    Tempo estimado de leitura: 4 minutos

    Na Zyncro Tech utilizamos nossa própria ferramenta constantemente, somos heavy users de Zyncro. Provavelmente esta é uma das principais razões pelas quais a companhia teve um crescimento extraordinário em 2 anos, estando atualmente presente em 14 países com mais de 150.000 usuários.

    Com mais de 50 funcionários divididos entre vários países e mais de 40 sócios internacionais, a colaboração entre as equipes e as pessoas que as formam é um verdadeiro desafio.

    As equipes de projeto costumam estar formadas por membros de diferentes países e cada projeto envolve vários sócios técnicos. Os representantes de vendas precisam estar controlando os projetos de perto para garantir a satisfação do cliente. Além disso, a cultura da empresa é que todos os funcionários possam estar sempre informados sobre as vitórias dos demais.

    A Rede Social Corporativa é uma ferramenta que possibilita satisfazer as necessidades anteriormente descritas e é um dos motivos de sucesso dos projetos da Zyncro Tech.

    É desta forma que usamos a Zyncro para gerir projetos:

    • Grupos de projetos: Para cumprir com os requisitos exigidos por um projeto, se formam grupos dentro da Rede Social Corporativa onde apenas os participantes do projeto têm acesso. Toda a documentação relevante é compartilhada nestes grupos e qualquer modificação é publicada automaticamente no mural de atividade do grupo. Com uma simples olhada, os membros podem ter uma visão geral do trabalho realizado por cada membro.
    • Trocas e fluxos de informação no mural do grupo: Qualquer pessoa pode comentar uma atividade e criar uma discussão dentro do grupo de projetos. Os problemas complexos são resolvidos em tempo recorde quando são discutidos através de uma sequência de informação no mural em vez de uma sequência interminável de e-mails.
    • Criação de grupos para os gestores de projetos: Cada projeto também possui um grupo de gestores que segue uma estrutura específica e contem a documentação confidencial e importante: a definição das necessidades do projeto, o monitoramento do mesmo, seus custos, diagramas de Gantt, petições de modificações do cliente, etc. Estes grupos são compartilhados entre todos os gestores de projetos e permite a todos tomar as rédeas do projeto se o gerente principal do mesmo não estiver disponível.

    Adicionalmente, é possível coordenar os diferentes níveis de relação da equipe do projeto com fontes externas, sendo este também um dos poderes da Rede Social Corporativa:

    • Informação sobre o progresso do projeto no mural da empresa: A comunicação durante o desenvolvimento do projeto é realizada diretamente no mural da empresa. Desta forma todos os membros estarão a qualquer momento informados da situação. Os departamentos de vendas, marketing e gestão geral podem se certificar que os requisitos específicos foram levados em consideração sem esperar a finalização do projeto.
    • Troca de links internos com o cliente (zlinks): A comunicação com o cliente não fica de lado. Enquanto alguns clientes preferem ser adicionados diretamente à Rede Social Corporativa, outros optam pela comunicação exclusivamente através de e-mail ou Skype. É por isso que criamos os zlinks [texto em ES], um sistema de links públicos, que podem passar a ser privados com a simples criação de uma senha e data de validade. Os zlinks sempre têm um link para visualizar a última versão dos documentos, podendo ser facilmente compartilhados com o cliente.
    • Participação de membros da empresa externos ao projeto: A Rede Social Corporativa possibilita que membros da organização exteriores ao projeto possam colaborar no projeto. Por exemplo, um usuário pode começar uma discussão sobre o projeto no seu mural pessoal de forma que ela seja visível para todos os seus seguidores e possibilite receber conselhos e opiniões.

    Você gostaria de aproveitar as vantagens da Rede Social Corporativa para a gestão dos projetos da sua empresa?
    Experimente Zyncro grátis até 5 usuários!

     

     
  • Matthieu Pinauldt 2:00 pm em 13/08/2012 Permalink | Responder
    Tags: , , ,   

    5 conselhos para desenvolver uma cultura de inovação através de sua Rede Social Corporativa 

    Aproveito que é a primeira ver que colaboro com o blog para me apresentar: Após várias experiências em grandes empresas e de ter virado também empresário, entro para fazer parte da equipe de Zyncro com a finalidade de ajudar a desenvolver a marca a nível internacional. Sou especialista em Redes Sociais e temas vinculados à inovação. É um grande prazer formar parte também do Zyncro blog, onde vou poder compartilhar com todos os leitores meus pensamentos e experiências. (Meu perfil LinkedIn)

    A colaboração leva à inovação! A relação entre estas duas palavras chaves é tamanha que temos milhares de exemplos através da web onde elas aparecem juntas. Tanto um termo como o outro precisa ser muito bem incorporado por qualquer profissional que quiser criar uma cultura de inovação na sua empresa. No entanto, criar um ambiente de colaboração em uma organização não é uma condição suficiente para obter um ambiente propício para a inovação.

    Com esta premissa, quero apresentar algumas regras que você deveria levar em consideração para acabar com as principais barreiras que desestimulam o desenvolvimento de um espírito criativo e de cultura inovativa.

    1. Suprima as hierarquias e motive os trabalhadores a participar coletivamente e não tanto como indivíduos: seja qual for o cargo que ocupa cada funcionário na empresa, todos ficam muitas horas no escritório lutando com os seus próprios desafios, projetos e dificuldades. Ao suprimir a ideia de hierarquia, diminuímos as barreiras que fazem improváveis as conversas entre pessoas de perfis diferentes. Por exemplo; se o Community Manager pode ter uma comunicação fluída com a pessoa responsável por Recursos Humanos, a colaboração entre eles será mais próxima, abrindo caminho para iniciativas como a publicação de ofertas de trabalho no blog da empresa.
    2. Crie um ambiente de geração de debates e gestão de ideias: Você precisa motivar a comunidade para animá-los a compartilhar ideias, conteúdos e debater propostas! Inicie conversas, compartilhe conteúdos, pergunte para incentivar comentários e, principalmente, motive as pessoas para criarem seus próprios debates. Você pode ainda recompensar os mais implicados com um sistema de gaminicação. Você faz parte da equipe comercial e ao mesmo tempo é fã do Social Media? Descobriu uma nova ferramenta de monitorização de marca? Compartilhe-a no mural da sua empresa e pergunte o que os responsáveis de Marketing acharam. Tenho certeza que eles estarão agradecidos e todos vão aprender conjuntamente.
    3. Faça as pessoas dos diferentes departamentos se relacionarem entre si evitando a formação de grupos muito fechados: Você conhece o efeito do “conhecimento comum” [EN]? Os membros de uma equipe tendem a se relacionar conforme o conhecimento que compartilham na hora de tomar decisões. Como consequência, nos grupos de trabalho onde vários membros já se conhecem, tentam evitar as novidades. Como lutar contra esta tendência?
      • Faça os membros de sua organização “respirarem ar fresco”: é preciso fazê-los saírem do conhecimento comum. Incentive a que compartilhem artigos de atualidade e interessantes, as melhores conferências TED, conteúdos humorísticos… e não esqueça de fomentar debates e comentários.
      • Crie grupos e convide pessoas de diversos departamentos a participar em projetos ou temas definidos.
    4. Envolva seus clientes: Estimule-os a falar, escute o que têm a dizer e, acima de tudo, faça seus funcionários escutá-los. Isso permite desenvolver um negócio centrado no cliente. Tenha espaços sociais para seus clientes em Facebook ou Twitter. Anime seus trabalhadores a seguir as discussões que se formem nos perfis sociais da sua organização. Uma Rede Social Privada é uma boa solução para envolver seus clientes em uma relação social duradeira com a empresa. É também uma ferramenta para criar relações entre eles próprios.
    5. Crie um “mercado de ideias”: um “mercado de ideias” é definido como um espaço de inovação baseado na motivação geral para propor novas ideias e resolver assim problemas específicos com ajuda de toda a comunidade. O mercado de ideias pode ser montado através de um grupo formado por membros da organização que tenham perfis diferentes. Ou ainda pode envolver todos os membros da empresa. Deve ser moderado por uma pessoa que guie as discussões para um objetivo específico. Por exemplo, “como podemos adaptar nosso software à mobilidade?”, “Como enxergam nosso produto dentro de cinco anos?”.

    Convencido? Experimente a Rede Social Corporativa Zyncro e comece a inovar!

     
c
compor novo post
j
próxima post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
iniciar a sessão
h
mostrar/esconder ajuda
esc
cancelar