Actualizações de Mila Nikolova RSS Mostrar/Esconder Comentários | Atalhos de Teclado

  • Mila Nikolova 9:00 am em 17/12/2012 Permalink | Responder
    Tags: , gartner, ,   

    Zyncro incluída no Guia de Gartner sobre Fornecedores CRM 2013* 

    Tempo estimado de leitura: 3 minutos

    O Customer Relationship Management (CRM) nunca esteve tão presente como como agora no mundo 2.0. As antigas ferramentas de CRM, que já eram por si só difíceis de usar, ficaram de repente obsoletas com o fervilhante modelo de trabalho cooperativo novo, o que trouxe a necessidade de reinventá-las depressa e integrá-las com outras soluções para não desaparecer de um mercado em evolução constante. Também surgiram novos elementos oferecendo uma maneira diferente de interatuar com os clientes e organizar a informação. Gartner, empresa líder na detecção de tendências de software, publica todos os anos os descobrimentos dos seus analistas no Guia de Fornecedores CRM.

    Um dos dados de maior destaque do relatório é que tudo indica que, em 2013, o investimento continuará concentrado nas tecnologias que contribuem a impulsar a fidelidade, a satisfação e o incremento do lucro, apesar da complicada situação financeira global. Quase todos os nossos fornecedores de CRM utilizarão o modelo de prestação SaaS, e se prevê que, em 2016, 50% de todos os aplicativos de vendas serão distribuídos através da nuvem.

    A análise abrange as diferentes possibilidades de CRM: Vendas, Marketing, E-commerce, Atendimento ao Cliente, etc., desmembrados em Soluções Operacionais, Analíticas, Sociais e Móveis. Zyncro está catalogada como fornecedor de Comunidades Peer-to-Peer, oferecendo uma ferramenta social de Atendimento e Apoio ao Cliente. Este ano a Zyncro já tinha sido mencionada em uma profunda análise deste tipo de comunidades. Para mais informação sobre isto, veja o post publicado no nosso blog em espanhol: http://z.ync.ro/g5SWj

    Esta referência enfatiza que o que nós chamamos de “Redes Sociais Privadas” se está convertendo em um novo meio de comunicação através do qual as empresas atendem seus clientes, potencializam a fidelidade e, ao mesmo tempo, incrementam seus ingressos. Agora as pessoas já não ligam para um número de atendimento ao cliente, elas preferem expor suas reclamações no Twitter. Se você colocar à disposição da Geração Y um ambiente virtual onde se sintam à vontade, vai evitar as crises de comunicação e os clientes insatisfeitos.

    Para saber mais sobre o que as nossas Redes Sociais Privadas podem oferecer, não deixe de entrar em contato conosco! Além disso, você pode começar a partir de hoje mesmo a experimentar Zyncro de forma gratuita 😉

    *Gartner, Inc., The Gartner CRM Vendor Guide, 2013, Jim Davies, et al, December 4, 2012.

     
  • Mila Nikolova 9:00 am em 05/11/2012 Permalink | Responder
    Tags: bem-estar, ,   

    Funcionários satisfeitos, empresas produtivas 

    Tempo estimado de leitura: 5 minutos

    Muito se escreve sobre cultura de empresa e gestão do talento, mas há poucas organizações que realmente colocam na prática o que se vangloriam e em muitas situações subestimam a importância da comunicação interna e do bem-estar do trabalhador em si. Aqui no nosso blog tivemos a oportunidade de falar em inúmeras ocasiões sobre a motivação do funcionário e a relação direta da motivação com a produtividade, mas os artigos estavam voltados normalmente para a melhoria que acarreta a utilização de tecnologias. As ferramentas de social business facilitam a colaboração e o companheirismo, contribuindo para um melhor ambiente de trabalho, mas existem muitas outras iniciativas que não requerem um grande esforço e são ao mesmo tempo de um impacto muito positivo.

    As start-ups foram as pioneiras em criar um ambiente agradável de trabalho. Ao contar com pequenas equipes e com jovens, a criatividade naturalmente já é maior do que em uma multinacional. Levando em consideração que o trabalho dentro de uma start-up está longe de seguir um horário tradicional de 9 a 18, é indispensável ter as pessoas satisfeitas com o que fazem. Veja a seguir algumas ideias que foram implementadas em start-ups pelo mundo afora.

    1. Aumentar a flexibilidade: Existem trabalhadores que são mais produtivos na parte da manhã e outros que preferem trabalhar durante a noite. Algumas start-ups dão total liberdade aos funcionários na hora de escolher as horas de trabalho, além da possibilidade de trabalhar em casa. Eles devem apenas estar presentes nos “huddles” (reuniões curtas) diários e na reunião semanal e Hasta la vista!
    2. Bônus customizados: uma start-up, devido ao seu tamanho, tem a vantagem de poder perguntar aos seus funcionários qual o prêmio ou bônus que preferem: gadgets, entradas para conferências, viagens, maior flexibilidade… Os trabalhadores ficam muito agradecidos pelo fato da empresa dedicar-lhes um tempo e se interessar por saber o que desejam como recompensa pelo trabalho bem feito.
    3. Colaboração em equipe: na Zyncro, por exemplo, fazemos uma reunião todas as segundas-feiras para cada um resumir em 1 minuto o seu trabalho da semana anterior e definir os objetivos para a semana que começa. Desta maneira todos sabem o que está ocorrendo e podem coordenar tarefas com seus colegas. Além disso, cada pessoa propõe um Monkey of the Week, isto é, um candidato para ser eleito o trabalhador mais esforçado da semana anterior. Das propostas, escolhemos três candidatos e o vencedor é determinado pelo voto popular e secreto graças ao nosso ZyncroApp de SurveyMonkey. O prêmio é um Angry Bird de pelúcia e os quatro vencedores do mês participam ainda em um sorteio de um gadget.
    4. Eventos afterwork: Nada melhor que ir tomar um aperitivo com a equipe no final da jornada de trabalho. Para quem prefere uma opção mais saudável, participar em competições esportivas também aumenta o sentimento de coesão de uma equipe. Organizar times de futebol, fazer uma sessão de paintball ou de karting é algo que está cada vez mais no auge.
    5. Mime seus funcionários: Google deixou de ser uma start-up há tempos mas continua mantendo este hábito. Nos escritórios possuem zona de jogos, refeitório gratuito, escorregadores e até massagistas. Na Zyncro não podia ser diferente! Organizamos sessões de massagem com Shanti Barcelona. Não preciso dizer que foi uma iniciativa alabada com grande entusiasmo e fez a nossa segunda-feira ser bem menos estressante. Ficamos todos como novos. As fotos valem mais que as palavras :)

    Você considera que na sua empresa estão fazendo algo realmente inovador para motivar os funcionários? Não deixe de dividir conosco a sua experiência!

     

     
  • Mila Nikolova 2:00 pm em 14/09/2012 Permalink | Responder
    Tags:   

    Gartner cita Zyncro em uma análise de comunidades peer-to-peer 

    Tempo estimado de leitura: 4 minutos

    Há muitos milhares de páginas escritas sobre como o Social Media está transformando as estratégias de Marketing e Vendas, tanto entre B2B como entre B2C. No que se refere à fidelização do cliente, o correio comum e os cartões de visita  evoluíram primeiro a newsletters eletrônicas e promoções online para clientes habituais, mais tarde a sorteios para fãs em Facebook e agora a comunidades privadas. Esta tendência é muito mais comum no caso de B2B, onde Facebook não tem um papel importante. Imagine possuir um espaço para poder compartilhar informação de forma segura com seus clientes, criar ofertas personalizadas, consultar opiniões e deixar que eles interatuem entre si. Você ficaria surpreso com a quantidade de dados que uma comunidade deste tipo pode gerar para a sua equipe comercial através da integração com um sistema de BI adequado. O melhor de tudo é que você é o proprietário da informação. Algo que não acontece nas Redes Sociais públicas como Facebook ou Google+.

    O que é uma comunidade peer-to-peer? Existem distintos termos para este tipo de Rede. Na Zyncro usamos o termo Rede Social Privada, mas também é válido Comunidade Privada ou Comunidade peer-to-peer. Algumas são criadas exclusivamente como comunidades de apoio/atendimento ao cliente e existem há anos. A novidade é criar comunidades “tipo Facebook” para seus clientes, que se baseiam em foros e Q&A, e também em compartilhar informação de qualidade e não apenas relevante para sua empresa/produto/serviço, mas também adaptada aos interesses do seu público alvo.

    A comunicação corporativa passou a ser bidirecional há muito tempo e isso também é válido no mundo digital. Se trata de voltar às origens apesar de fazê-lo através de um novo meio.

    Zyncro é uma das líderes neste Mercado, já tendo criado duas comunidades deste tipo: uma para clientes de 65+ anos em uma instituição financeira e, a outra, um espacio colaborativo e educativo para membros de uma câmara de comércio. Na Zyncro, a nossa meta é oferecer um produto customizado e, como diz Gartner na sua pesquisa “Optimizar a configuração de software para comunidades Peer-To-Peer baseado em casos de uso” [EN] publicada na semana passada: “A especialização não é necessária para os fabricantes de software para comunidades peer-to-peer, embora determinadas companhias optem pela especialização por uso ou setor com a intenção de se diferenciar da concorrência”.

    Não nos cansaremos nunca de dizer que criar uma Rede Social Privada para seus clientes deve ser algo profundamente bem estudado. Como em qualquer outra iniciativa de Marketing, é melhor saber bem o que você está fazendo e fazê-lo com primor, que simplesmente seguir tendências.

    Por isso, se quiser mais informação, por favor não deixe de entrar em contato :-)

     

     
  • Mila Nikolova 2:00 pm em 06/07/2012 Permalink | Responder
    Tags: , , ,   

    E a sua agência, é 2.0? 

    Tempo estimado de leitura: 5 minutos

    Estamos vivendo em um mundo no qual a comunicação não tem muita relação com o que era há 5 anos, imagine se falamos sobre 15 ou 20 anos atrás. Se antes nós mandávamos cartas e depois e-mails, agora mandamos mensagens pelo WhatsApp e através do Facebook. Antes íamos no cinema e agora fazemos streaming online e temos dispositivos de home cinema e inclusive televisões em 3D. Antes usávamos um mapa para nos localizarmos pela cidade e agora usamos um GPS ou o Google Maps no nosso Smartphone.

    No entanto, as inovações que adotamos naturalmente a nível pessoal, sempre demoram um bom tempo em serem incorporadas aos nosso âmbito profissional. Tudo começou com a revolução do e-mail, que aos poucos eliminou o correio postal e está também prestes a fazer o fax desaparecer.

     

    Nos últimos dois anos as ferramentas 2.0 começaram a aparecer nos escritórios e, embora pareça inacreditável, as agências não são especialmente revolucionárias neste processo.

    Uma agência de comunicação, seja de marketing, publicidade ou de relações públicas, se dedica a criar ou transformar o discurso das marcas, fazendo com que se adapte aos meios, canais e, sem dúvida, ao público ao que se destina. Pude observar a partir do boom da comunicação digital que as agências na Espanha estão demorando mais do habitual em adaptar as suas estruturas e estratégias aos dias de hoje. Principalmente se nos referimos às agências ATL ou Above the line. Não questiono tanto as suas campanhas, falo mais do seu funcionamento interno. Se as pessoas que compõe estas agências não estão completamente submergidas na infinidade de possibilidades do mundo 2.0, dificilmente poderão ajudar seus clientes a criar engagement nos novos meios.

    No momento que conheci a Zyncro, uma das primeiras coisas que passaram pela minha cabeça como profissional da comunicação foi que é a ferramenta ideal para uma agência de publicidade. Por quê?

    1. Briefing e contrabriefing 2.0: acabaram os e-mails e as eternas reuniões. Basta com criar um grupo de trabalho para o cliente e convidá-lo para começar a intercambiar informação no espaço designado para documentos. É possível criar debates, adicionar links, fotos… Até mesmo criar um workflow para o processo de aprovação.
    2. O processo criativo: Que maneira poderia ser melhor para saber o estado das criatividades! Caso você colabore com designers freelance, também é possível usar a integração com o gestor de projetos e ter a atualização contínua das horas dedicadas, o estado das tarefas e o orçamento. Além disso é fácil carregar imagens e apresentações pesadas e vídeos. O melhor disso? Nem sequer é preciso descarregar no disco rígido, para isso você usará o Zyncro Video Player 😉
    3. Faturas: mais uma vez citamos o Workflow para estabelecer o processo de aprovação por parte do cliente, do Account Manager ao departamento de Administração. Sem contar que tudo fica muito bem armazenado na nuvem.

    Também existem infinitas ferramentas de baixo custo que, combinadas com uma Rede Social Corporativa, podem facilitar muito o trabalho das agências:

    • Comapping.com é uma ferramenta para criar mapas mentais que tem tudo para se transformar em um must para os planners.
    • Join.me evita os deslocamentos e permite fazer videoconferências com preços low-cost.
    • Zoho Invoice facilita a gestão de faturas pelos departamentos de Contabilidade e Tesouraria…

    E sua agência? Já está utilizando algumas destas ferramentas? Tem previsão para incorporá-las? Junte-se à revolução do Social Business, evolua para 2.0!

     

     
  • Mila Nikolova 10:30 am em 24/01/2012 Permalink | Responder
    Tags: frança, francês,   

    A Zyncro continua a crescer na França 

    Tempo de leitura: 3 minutos

    O início deste ano está cheio de boas notícias para a Zyncro e  queremos compartilhar isso com você. Ontem nós falamos sobre a estréia do novo site do Zyncro . E hoje podemos dizer, animados, que demos um passo muito importante no mercado francês. A Zyncro tem o prazer de anunciar o contrato com Addictoweb , nosso novo distribuidor exclusivo para a França.

    Há dois meses anunciamos a chegada da Zyncro à França e a incorporação de nossa Rede de Negócios Corporativos Social. Além disso, em Setembro, comemoramos a bem sucedida parceria da Zyncro com Cetelem, empresa francesa do grupo BNP Paribas . Naquela ocasião, graças a Cetelem:

    A Zyncro tornou-se uma plataforma de comunicação interna para eventos corporativos !

    Agora, estamos confiantes que o novo acordo com Addictoweb nos permitirá anunciar em breve as novas conquistas no mercado francês. Nosso novo parceiro é uma agência com vasta experiência no mundo online. Sua carteira de clientes inclui empresas como Hachette, Air France, Nokia, Havas, Zorba, CNES e Decathlon.

    Com este acordo, a empresa adiciona uma nova linha de atividade empresarial e a Zyncro é a protagonista. “Inovação Social nas Empresas” é o nome dado a este novo serviço que a Addictoweb adicionou ao seu portfólio.

    Robert Bismuth ,  é o diretor da Addictoweb e em sua carreira se destaca também a liderança a frente da CDN Technologies, uma empresa especializada no desenvolvimento, divulgação e desempenho de websites. A ele e a toda sua equipe queremos desejar sucesso! Estamos certos que obterá – já que, por um lado, é incrível o aumento das redes sociais corporativas na França e, por outro lado, os investimentos em pesquisas que grandes empresas locais fazem para conseguir aproveitá-las só aumenta. Toda essa atividade confirma mais uma vez os benefícios de redes sociais corporativas para a produtividade dos funcionários e o desempenho geral do negócio.

    Agora, ZyncroBlog também fala francês ! : http://fr.blog.zyncro.com


     
c
compor novo post
j
próxima post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
iniciar a sessão
h
mostrar/esconder ajuda
esc
cancelar